Blog

Cubículos de Energia: Tudo o que você precisa saber

Cubículos de Energia: Tudo o que você precisa saber

Cubículos de energia são dispositivos usados para distribuir e proteger a energia elétrica em aplicações de baixa, média e alta tensão.

Um guia abrangente para os componentes, aplicações e tipos de cubículos de distribuição de energia.

Cubículos de distribuição de energia são dispositivos usados para distribuir e proteger a energia elétrica em aplicações de média e alta tensão. Eles são compostos de uma série de componentes elétricos, como disjuntores, fusíveis, relés e contatores.

Componentes gerais de um cubículo.

Os principais componentes de um cubículo de distribuição de energia são:

  • Barramento: É um elemento essencial para a distribuição de energia elétrica, é utilizado em sistemas elétricos, como quadros de luz, quadros de distribuição e cabines primárias. Geralmente feitos de cobre, são, usado para conectar diferentes componentes elétricos, como disjuntores, fusíveis, relés e contatores.Barramento de CobreBarramento de Cobre

Os barramentos em painéis elétricos são classificados de acordo com vários critérios, incluindo:

  • Tipo: Os barramentos podem ser de fase, neutro ou terra.
  • Forma: Os barramentos podem ser planos, redondos ou quadrados.
  • Tamanho: Os barramentos são disponíveis em uma variedade de tamanhos, dependendo da corrente e da tensão que eles precisam suportar.
  • Isolamento: Os barramentos podem ser isolados ou não isolados.

Os barramentos são uma parte essencial de qualquer painel elétrico. Eles são responsáveis por garantir a distribuição segura e eficiente de energia elétrica para os componentes do painel.


  • DisjuntorSão dispositivos que protegem os circuitos elétricos de danos causados por sobrecargas ou curto-circuito. Ele é projetado para interromper o circuito automaticamente quando a corrente excede um valor predeterminado. Os disjuntores são diferentes dos fusíveis, que também são usados para proteger circuitos elétricos. Os fusíveis são dispositivos de um só uso, que precisam ser substituídos após a interrupção do circuito. Os disjuntores, por outro lado, podem ser rearmados, o que significa que podem ser usados novamente após a interrupção do circuito.MinidisjuntoresMinidisjuntores

Os disjuntores são usados em uma variedade de aplicações, incluindo:

  • Proteção de circuitos elétricos residenciais e comerciais
  • Proteção de equipamentos elétricos industriais
  • Proteção de sistemas de energia elétrica

Existem vários tipos de disjuntores, cada um projetado para uma aplicação específica. Os principais tipos de disjuntores são:

  • Disjuntores de sobrecarga: Os disjuntores de sobrecarga são projetados para proteger os circuitos elétricos contra sobrecargas. Eles são normalmente usados em circuitos que alimentam cargas resistivas, como lâmpadas e eletrodomésticos.
  • Disjuntores de curto-circuito: Os disjuntores de curto-circuito são projetados para proteger os circuitos elétricos contra curto-circuito. Eles são normalmente usados em circuitos que alimentam cargas indutivas, como motores e transformadores.
  • Disjuntores multifuncionais: Os disjuntores multifuncionais são projetados para proteger os circuitos elétricos contra sobrecargas e curto-circuito. Eles são normalmente usados em circuitos que alimentam cargas mistas, como circuitos que alimentam cargas resistivas e indutivas.

Os disjuntores são dispositivos essenciais para a segurança de sistemas elétricos. Eles ajudam a proteger as pessoas e equipamentos contra danos causados por sobrecargas e curto-circuito.


  • Fusível: São dispositivos projetados para proteger circuitos elétricos de danos causados por sobrecorrentes. Sobrecorrentes podem ocorrer devido a curto-circuito ou sobrecargas, e podem causar danos aos condutores do circuito, aumentando o risco de incêndio ou destruição de outros elementos do circuito.

Fusíveis Ultrarrápidos

Fusíveis Ultrarrápidos

Existem diferentes tipos de fusíveis, que são classificados de acordo com diversos critérios, como:

  • Forma: Fusíveis cilíndricos, fusíveis de cartucho, fusíveis de lâmina, fusíveis de tubo, etc.
  • Material: Fusíveis de chumbo, fusíveis de estanho, fusíveis de prata, fusíveis de bimetal, etc.
  • Característica de atuação: Fusíveis rápidos, fusíveis lentos, fusíveis ultrarrápidos, etc.
  • Fusíveis cilíndricos: são os tipos mais comuns de fusíveis. Eles são feitos de um tubo de vidro ou plástico preenchido com um material de baixo ponto de fusão, como chumbo ou estanho. O fusível é conectado ao circuito por meio de terminais metálicos.
  • Fusíveis de cartucho: são semelhantes aos fusíveis cilíndricos, mas são maiores e têm uma base de metal que permite a conexão do fusível ao circuito.
  • Fusíveis de lâmina são feitos de uma lâmina de metal de baixo ponto de fusão. A lâmina é presa ao circuito por meio de um terminal metálico.
  • Fusíveis de tubo: são feitos de um tubo de vidro ou plástico preenchido com um material de baixo ponto de fusão. O fusível é conectado ao circuito por meio de contatos metálicos.
  • Fusíveis rápidos: atuam rapidamente quando a corrente excede o valor nominal do fusível. Eles são usados para proteger circuitos contra curto-circuito.
  • Fusíveis lentos: atuam mais lentamente que os fusíveis rápidos. Eles são usados para proteger circuitos contra sobrecargas.
  • Fusíveis ultrarrápidos: atuam extremamente rapidamente quando a corrente excede o valor nominal do fusível. Eles são usados para proteger circuitos contra curto-circuito em aplicações de alta frequência

Fusíveis são feitos de um material de baixo ponto de fusão, como chumbo ou estanho. Quando a corrente elétrica que passa pelo fusível excede um determinado valor, o material do fusível funde, interrompendo o circuito. E são uma parte essencial de qualquer sistema de distribuição de energia. Eles ajudam a proteger pessoas e equipamentos de danos causados por sobrecorrentes.


  • Relé: São dispositivos que usa um campo magnético para controlar um circuito elétrico. O relé é composto por duas partes principais: uma bobina e um conjunto de contatos. A bobina é um enrolamento de fio que, quando percorrido por uma corrente elétrica, cria um campo magnético. Os contatos são partes móveis do relé que se abrem ou fecham quando o campo magnético da bobina atua sobre eles.

Relé Inteligente

Relé Inteligente

Tipos de relés:

  • Relé de estado sólido: é um tipo de relé que não possui partes móveis. Ele é controlado por um circuito eletrônico, que gera um campo magnético para acionar os contatos;
  • Relé de segurança: é um tipo de relé que é projetado para proteger pessoas ou equipamentos de danos. Ele é normalmente usado em aplicações onde é necessário garantir que um circuito elétrico seja desenergizado antes que uma ação perigosa seja realizada;
  • Relé de controle: é um tipo de relé que é usado para controlar o fluxo de corrente em um circuito elétrico. Ele é normalmente usado em aplicações onde é necessário controlar a velocidade de um motor ou a temperatura de um dispositivo;

Os relés podem ser usados para uma ampla variedade de aplicações, como:

  • Controle de motores;
  • Controle de iluminação;
  • Controle de sistemas de segurança;
  • Controle de sistemas de automação;

Os relés são dispositivos confiáveis e robustos que podem operar em uma ampla faixa de condições ambientais.


  • Contator: é um dispositivo eletromecânico que permite controlar cargas elétricas de potência a partir de um circuito de comando. As cargas controladas podem ser de qualquer tipo, de tensão diferente do circuito de comando e até conter múltiplas fases.Contatores auxiliaresContatores auxiliaresO contator é composto por três partes principais:
    • Contatos: São responsáveis pela passagem da corrente elétrica e podem ser contatos de potência (ou força) e/ou contatos auxiliares.
    • Bobina: É responsável pela força necessária para operar os contatos.
    • Invólucro: Protege as partes internas do contator.
     Os contatores são usados em uma ampla variedade de aplicações, como:
    • Controle de motores: Os contatores são usados para ligar e desligar motores elétricos.
    • Controle de iluminação: Os contatores são usados para ligar e desligar luzes.
    • Controle de sistemas de automação: Os contatores são usados para controlar sistemas automatizados.
    Os contatores são dispositivos confiáveis e robustos que podem operar em uma ampla faixa de condições ambientais. Eles são uma parte essencial de muitos sistemas elétricos.

Aplicações

Cubículos de Energia são usados em uma variedade de aplicações, incluindo:

  • Subestações de energia: Subestações de energia são instalações que transformam a energia elétrica de alta tensão em baixa tensão. Cubículos de distribuição de energia são usados em subestações para distribuir a energia elétrica aos consumidores.
  • Geração de energia renovável: Geradores de energia renovável, como usinas solares e eólicas, produzem energia elétrica de média ou alta tensão. Cubículos de distribuição de energia são usados para distribuir a energia elétrica desses geradores aos consumidores.
  • Indústrias: As indústrias usam energia elétrica para operar equipamentos e máquinas. Cubículos de distribuição de energia são usados para distribuir e proteger a energia elétrica nas indústrias.
  • Edifícios comerciais e residenciais: Edifícios comerciais e residenciais usam energia elétrica para iluminação, aquecimento e refrigeração. Cubículos de distribuição de energia são usados para distribuir e proteger a energia elétrica nesses edifícios.
Tipos

Existem vários tipos de Cubículos de Energia, cada um projetado para uma aplicação específica. Os principais tipos de cubículos de distribuição de energia são:

  • Cubículos de distribuição simples: Os cubículos de distribuição simples são usados para distribuir a energia elétrica de uma fonte principal para as cargas.
  • Cubículos de distribuição com proteção: Os cubículos de distribuição com proteção são usados para proteger as cargas contra sobrecargas e curto-circuitos.
  • Cubículos de distribuição com automação: Os cubículos de distribuição com automação são usados para controlar e monitorar remotamente a distribuição de energia elétrica.
Vantagens

Cubículos de Energia oferecem uma série de vantagens, incluindo:

  • Segurança: Cubículos de distribuição de energia ajudam a proteger as pessoas e equipamentos contra danos causados por sobrecargas e curto-circuitos.
  • Eficiência: Cubículos de distribuição de energia ajudam a distribuir a energia elétrica de forma eficiente e confiável.
  • Flexibilidade: Cubículos de distribuição de energia podem ser personalizados para atender às necessidades específicas de cada aplicação.
Conclusão

Cubículos de Energia são dispositivos essenciais para a distribuição e proteção de energia elétrica em aplicações de média e alta tensão. Eles oferecem uma série de vantagens, incluindo segurança, eficiência e flexibilidade.

A escolha do Cubículo de Energia adequado depende de uma variedade de fatores, incluindo a aplicação específica, as condições ambientais e os requisitos de desempenho. Aqui na Proelt estamos comprometidos em fornecer produtos e serviços de alta qualidade, sempre com foco na satisfação do cliente.

Compartilhar Post

Veja Também

×